quinta-feira, 25 de outubro de 2012

Debaixo da pedra brilhante



Debaixo da pedra brilhante

Debaixo da pedra brilhante
que foi trazida pelo mar
tudo se pode encontrar:
uma poça com peixinhos
alegremente a nadar;
uma estrela-do-mar roxa
a chapinhar com seus pezinhos;
um camarão divertido
a rabear remexido;
um cavalo marinho
escondido no seu cantinho;
uma enguia invejosa
que é muito teimosa;
uma família de mexilhões
à espera de mais lições…

Sabe-se lá que maravilhas
Debaixo da pedra brilhante
Se podem encontrar escondidas!

Poema coletivo – 4º G
(Inspirado no poema “Debaixo da folha seca”
de Maria Isabel Mendonça Soares)

sexta-feira, 31 de agosto de 2012

Notícias da Inês




A nossa querida Inês enviou este postal de Inglaterra e pede para lhe mandarnos notícias.



Quem deixa aqui uma mensagem à Inês?


quinta-feira, 30 de agosto de 2012

Férias de uma cadelinha (e da sua dona)

Eu estive de férias numa terra que se chama Castanheira de Pera e, como não podia deixar de ser, levei a minha cadelinha de estimação.

Gostam da roupa de viagem da bichinha?

Trata-se de um peitoral com uma trela que tem um terminal que encaixa no cinto de segurança do carro.




Na serra da Lousã, visitei uma aldeia muito antiga de casas feitas de xisto que estava abandonada, mas foi recuperada.


A foto que se segue é a mais doce das minha férias. Quem quer uma dentada?

  
E as vossas férias? Têm muitas aventuras para contar?

Beijinhos

Teresa 

domingo, 1 de julho de 2012

Postal do João

Aqui fica o postal que o João enviou para todos quando esteve de férias em Córdoba (Espanha).



Um grande abraço também para ti João!

sexta-feira, 22 de junho de 2012

Olá a todos.

Como estão a correr as vossas férias? As minhas têm corrido muito bem. Cheguei ontem de Espanha e fiquei muito feliz por poder dizer "lar doce lar". Fui a Córdoba, a Granada e a Gibraltar. Em Gibraltar falei inglês porque Gibraltar foi conquistada por Inglaterra. Lá vi os macaquinhos de Gibraltar ( aqui em baixo está o macaco com mais estilo). Em Córdoba vi a Mesquita- Catedral ( a mesquita árabe, e a catedral cristã por dentro) e em Granada vi o Alhambra, o grande castelo.

P.S. No domingo vou para os Açores!



Até outro dia.

João e mãe
22/6/2012
Sexta-feira




segunda-feira, 14 de maio de 2012

Jogar Xadrez

Hoje, o Grupo “Pequenos Gestos“ com o apoio da Federação de Portuguesa de Xadrez (FPX), veio à nossa sala oferecer meia dúzia de jogos de xadrez para os alunos da escola.

Tratou-se de uma ação de solidariedade social que o pai do Gonçalo e os amigos, que formam o grupo, quiseram desenvolver. Sendo uma linguagem universal, esta modalidade permite e promove o convívio social e o respeito pelo próximo mas, o pai do Gonçalo deu-nos ainda vários argumentos para justificar a importância de jogar xadrez, o qual de uma forma lúdica nos permite desenvolver as seguintes capacidades cognitivas:

 - estimula o raciocínio lógico e abstrato;

- melhora a atenção, a memória e a concentração; 

- permite uma maior criatividade e imaginação. 

Deste modo é fácil compreender-se que a constante ginástica mental efectuada com a prática desta modalidade, ajuda as pessoas a pensar melhor. Ao permitir o desenvolvimento das capacidades de análise e de planeamento, facilita a tomada de decisão e melhora o nosso autocontrole, a autoestima e a confiança.

Muito obrigado ao pai do Gonçalo e aos seus amigos!

sexta-feira, 11 de maio de 2012

Ida à Visão Júnior

No dia 11 de Maio de 2012 os alunos da sala 5 e a professora foram à Visão Júnior de autocarro.
Quando lá chegámos fomos para um parque lanchar.
Depois de lanchar fomos brincar um bocadinho e a seguir fomos para um auditório onde recebemos uma revistas e mais ou menos um bloquinho.
Estivemos a conversar meia hora sobre a Visão e Visão Júnior.
Logo a seguir subimos uma grande escadaria e logo fomos para uma salinha onde vimos fotografias e construímos a capa de uma revista.
Quando saímos fomos tirar uma fotografia. 
Margaridas


No dia 11 de maio, os alunos da sala 5 foram ao trabalho do pai da Beatriz P. que se chama Visão. 
Quando chegámos fomos perguntar onde se podia lanchar ao pai da Beatriz P. ele disse que podíamos lanchar no jardim.
Quando acabámos de lanchar a professora disse que podíamos brincar um bocadinho.
A seguir fomos ao auditório conversar sobre as revistas Visão e Visão Júnior.
Depois fomos à redação da revista ver algumas fotografias que iam sair na capa.
Passado um bocado fomos tirar uma fotografia. Passados alguns minutos fomos de autocarro para a escola. 
Mariana e Sofia 

  
           Quando chegámos, todos os meninos foram a correr para o edifício da Visão. O polícia que estava a vigiar a entrada disse para todos os meninos pararem, mas ninguém ligou.
A professora Teresinha disse para ficarmos quietos até que chegou o pai da Beatriz P..
Depois ele pôs um cartão numa máquina para nós passarmos e, quando toda a gente chegou, fomos pelas escadas. Mas todos estavam sempre a reclamar que queriam ir pelo elevador.
Fomos brincar para um jardim e vimos muitas aranhas e toda a gente, principalmente eu, começámos a matá-las.
De repente apareceram 3 senhoras que disseram para irmos buscar as coisas todas e para nos prepararmos para começar a visita.
A seguir fomos para uma sala e disseram para não fazermos barulho.
Quando nos íamos embora, uma senhora perguntou se nós adorámos vir a  esta visita de estudo  e todos dissemos que sim.  
Luís


No dia 11 de maio de 2012, nós e a nossa professora fomos de autocarro para a Visão Júnior e quando lá chegámos fomos a um parque lanchar e brincar um bocadinho.
Depois fomos para uma sala falar um pouco e visitámos as instalações da Visão.
Saímos da sala e fomos ver fotografias e depois fomos fazer a capa de uma revista.

 Leo e Henrique


No dia 11 de maio de 2012 nós, alunos da Sala 5 da EB1 S José, fomos à Visão.
O edifício também era da Caras, da Expresso, da Exame e da Activa.
Quando chegamos lá, fomos para um jardim lanchar e brincámos aos Feiticeiros de Waverly Place.
A seguir, já dentro do edifício, fomos para uma sala falar um pouco sobre as diferenças entre a Visão normal e a Visão Júnior.
Saímos e fomos ver a redação da revista e fizemos a capa de uma Visão Júnior.
 Mais tarde fomos fazer uma sessão fotográfica.
Só fomos lá porque o pai da Beatriz P. tem emprego na Visão de adultos. 
Todos gostámos muito (menos o Eduardo, que não foi). Também recebemos uma Visão Júnior.
 João e Daniel 


No dia 11 de Maio de 2012, a sala 5 e a sala 7 foram de autocarro à Visão.
Quando chegámos ao edifício da Visão fomos ao jardim lanchar e brincar.
A seguir fomos conversar no auditório sobre a Visão Júnior e a Visão.
Mais tarde fomos à redação da revista e observámos o trabalho da montagem da capa no computador.
Depois nós dirigimo-nos a um estúdio para tirarmos várias fotografias.
No final, fomo-nos despedir do pai da Beatriz P..
Passados uns minutos fomos para o autocarro, e regressámos à escola.

Pedro F. ,Benjamim e André





domingo, 29 de abril de 2012

sexta-feira, 27 de abril de 2012

Concurso "Segurança para Todos"


Hoje, enviámos pelo correio o nosso cartaz para o Concurso "Segurança Para Todos".

Quando se souber o resultado do concurso, publicaremos o cartaz que fizemos (por enquanto, é segredo).


Desenho da Beatriz P., ilustrando o nosso slogan (não podemos revelar qual é).

Em breve, faremos uma exposição na escola com os trabalhos que fomos construindo para este concurso.

sexta-feira, 23 de março de 2012

Visita à Exposição ADUA Desenhos

 Visita à Exposição


No dia 23 de março fomos à Galeria Avenida 21 ver a exposição  do pai do Benjamim











 Entrevista

Depois de vermos os quadros conversámos com o pai do Benjamim.
 


1) Qual foi o seu primeiro quadro? (Pedro F.)

2) Onde se inspira para criar os seus quadros? (Beatriz G.)

3) Quantas exposições já inaugurou? (Maria)

4) Qual é o seu pintor preferido? (Daniel)

5) Há quanto tempo pinta? (Sofia)

6) Já tem alguma ideia para a sua próxima obra? (Luís)

7) Além de pintor, que outras profissões teve? (Mariana)

8) Há quanto tempo se apaixonou pela Arte? (Margarida P.B.)

9) Que técnicas e materiais de pintura utiliza? (Gonçalo)

10) Já ilustrou algum livro? (Gaspar)

11) Qual foi a pintura que mais gostou de fazer? (Margarida B.)

12) Já vendeu algum quadro desta exposição? (Vini)

13) Todas as pessoas têm capacidade para criar um quadro? (João)

14) Já ensinou alguém a pintar? (Joana)



 As nossas opiniões


Eu gostei muito dos quadros e da visita.
André

Eu gostei das artes do pai do Benjamim.
Beatriz P.

Eu gostei muito desta visita ao meu pai. Gostei dos quadros e das perguntas.
Benjamim

Cheguei atrasado mas vi os quadros e gostei muito desses quadros.
Gaspar

Eu acho que a visita foi bom e os quadros eram muito bonitos.
Henrique

Eu adorei esta visita porque o pai do Benjamim tem quadros lindíssimos e por ter colaborado connosco.
Inês

Eu acho que a visita foi muito gira e que muitos meninos se vão inspirar muito.
Joana

Adorei a exposição e gostei muito dos quadros. Gostei de conhecer o pai do Benjamim.
João

Eu acho que o pai do Benjamim é um artista.
Luís

Eu adorei esta visita porque os quadros eram fantásticos.
Margarida B.

Eu gostei muito da visita porque gosto muito de desenhar. Foi fixe!
Margarida P. B.

Eu acho que todos nós gostámos. O pai do Benjamim nasceu para a pintura. Eu adorei!
Maria

Eu gostei muito da vista de estudo e gostei de ver os quadros do Adua.
Pedro F.

Eu gostei da visita ao pai do Benjamim e gostei dos quadros.
Pedro L.

Eu achei divertido.
Sofia

Eu gostei de ver os quadros e de fazer a entrevista.
Vini

Muito obrigado ADUA!

Agradecemos também à professora Regina e às mães do André e da Maria que nos acompanharam durante a visita.


segunda-feira, 19 de março de 2012

Visita ao Centro de Dia de S. José

 No dia 19 de Março, eu e a minha turma fomos ao Centro de Dia de S. José fazer um esquema de ginástica para mostrar às pessoas idosas. Fizemos cambalhotas, pirâmides, etc..

Depois formámos pares e dançámos da direita para a esquerda e da esquerda para a direita. Abanámos as mãos, demos voltinhas e fomos buscar um idoso ou uma idosa e dançámos com eles/as.

A seguir jogámos ao jogo do anel (que a avó do Vinícius nos ensinou) e a outros jogos como por exemplo o jogo do botão.

Margarida B.


No dia 19 de março a turma da sala 5, foi ao Centro de Dia de S. José.

Primeiro fizemos um esquema de ginástica depois ensinamos o jogo do anel.

Para jogarmos este jogo tínhamos que cantar a música da Babona:

Babona que estás no meio, ó Babona 
Estás feita numa toleirona, ó Babona
Estás vendo o anel passar, ó Babona

Ele aí vai, ele aí vai, ele por aqui passou, Parou, quem tem?

Depois eles ensinaram-nos o jogo da malha e o jogo do botão.

O senhor mais novo tinha 86 anos.

Eu gostei muito e acho que eles também adoraram e espero voltar a vê-los, mas desta vez na nossa sala.
Maria


De manhã, às:10:00h fomos ao Centro de Dia para fazer um esquema de ginástica para os idosos verem.

Primeiro fomos para o terraço depois ouvimos a música do « kuduro». 

Estava muito vento e tivemos que ir para dentro.

Fizemos o esquema e quando acabámos fomos jogar ao jogo do anel e depois jogámos a outros jogos.

Daniel 




No dia 19 de Março nós fomos ao Centro de Dia fazer uma coreografia para os idosos.
Depois eles ensinaram-nos uns jogos que eles jogavam quando tinham a nossa idade. Jogámos ao jogo do anel e ao jogo do botão.
Sofia


sábado, 4 de fevereiro de 2012

A Utilidade das Plantas

As plantas dão-nos o oxigénio, põem o nosso mundo belo, servem de alimento para os animais e para as pessoas...

As plantas servem também para fazer madeira, algodão, café, perfumes e também xaropes.

A planta do café dá café.

O algodoeiro dá o algodão.

O tronco das árvores dá madeira.

Há xarope feitos de plantas.

A seiva do pinheiro é a resina. Com a resina pode fazer-se a cola e muitas mais coisa úteis e importantes.

Margarida P. B.

A utilidade das plantas

Algumas plantas servem para enfeitar a casa, outras servem para medicamentos, etc..
Por exemplo: a cortiça dá para fazer rolhas, placares...

A madeira dá para fazer papel, móveis e muito mais coisas.

O aloé vera e algumas algas servem para curas e remédios.

Algumas plantas servem para comer, outras para fazer perfumes, como a rosa.

O algodoeiro dá algodão.


Temos que tratar bem a Natureza!

Maria

As plantas

O mundo não poderia existir sem as plantas.

São elas que nos dão o oxigénio para podermos respirar, elas são os nossos pulmões.

Os animais comem muitas plantas, por isso se elas não existissem eles também não poderiam comer e assim morriam.

Nós os humanos para além de comermos carne e peixe, as plantas também fazem parte da nossa comida, são muito importantes pois têm vitamina C e fibra.

Também importante é o bonito que as plantas e flores são, fazendo a nossa vida ainda mais bonita e com mais cor.
Henrique

A Utilidade das Plantas

As plantas são nossas amigas.

Além da sua beleza natural, dão-nos grande parte daquilo que consumimos no dia a dia.

Existem muitas coisas que os homens fabricam, graças à matéria prima que as plantas produzem, alguns dos exemplos disso, é o caso da mobília ou mesmo as casas em madeira que são construídas graças a elas.

Também muitas roupas de algodão que vestimos se devem a essa matéria prima, o algodão, que algumas plantas produzem.

Outras plantas existem que, graças às suas propriedades, são utilizadas para o fabrico de medicamentos e outras ainda produzem frutos ou sementes que servem tanto para a nossa alimentação como para a alimentação de muitos outros animais.

Por fim, não nos podemos esquecer que uma das coisas mais importantes que as plantas fazem é a purificação do ar, absorvendo o dióxido de carbono e libertando o oxigénio que nós respiramos.

Por tudo isto, é muito importante que protejamos as plantas e as florestas pois sem a ajuda delas, seria praticamente impossível a nossa sobrevivência.

Gonçalo

A utilidade das plantas

As plantas têm várias utilidades para a vida na Terra tal como a conhecemos, como por exemplo a purificação do ar que nós respiramos, que das coisas mais importantes.

As plantas purificam o ar. Elas absorvem o dióxido de carbono que as pessoas expiram e através de um processo, próprio das plantas, libertam o oxigénio que as pessoas inspiram.

As plantas também protegem os solos com as suas raízes, e as suas folhas servem para melhorar a qualidade da terra para ser mais produtiva.

As plantas são a base da alimentação das pessoas e dos animais.

Mas há mais, das plantas retiramos também a madeira, a resina, o algodão, o papel, a cortiça e o linho.

As plantas servem também de matéria-prima para medicamentos, cremes e perfumes.

As plantas servem também para decoração das nossas casas.

Joana

A Utilidade das Plantas

As plantas são muito importantes para o ser humano porque sem elas não havia o oxigénio, a madeira, as matérias-primas e alguns dos nossos alimentos.

As plantas fornecem-nos frutos, legumes, hortaliças (que se consomem directamente da planta) e cereais (que precisam de ser transformados).

As árvores fornecem-nos a madeira e com ela podemos fazer móveis, produzir papel ou utilizá-la para o aquecimento.

Algumas plantas têm efeitos medicinais, fazendo-se a partir delas medicamentos, perfumes, champôs, entre outras coisas.

As plantas dão-nos o oxigénio para respirar-mos e purificam o ar.

Eu adoro as plantas e a matéria que estamos a estudar.

Margarida B.

A UTILIDADE DAS PLANTAS

As plantas são muito úteis para nós, pois dão-nos oxigénio (O2) e nós também somos úteis porque lhes damos dióxido de carbono (CO2).

As flores são muito sensíveis à água pois precisam de muita água (H2O).

Também nos dão comida, móveis, papel, perfumes cortiça, cuecas e medicamentos.

É importante para todos os seres vivos no mundo pois necessitam delas para abrigo, alimento e proteção. As plantas também têm um papel muito importante no equilíbrio do clima e do ambiente, assim como para o solo da terra.

ViníciusLink

ver blogue do autor

quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

Higiene Oral

Hoje a higienista oral Dra. Helena Dâmaso veio à nossa sala explicar-nos regras de higiene oral.

Ela ensinou-nos que a placa bacteriana é formada pelos restos de alimentos que ficam agarrados aos dentes juntamente com as bactérias.

Por esta razão, devemos lavar os dentes todos os dias de manhã e à noite, mas sobretudo antes de ir dormir.

O flúor é um mineral que torna os dentes mais resistentes aos ácidos produzidos pelas bactérias.

Texto coletivo (11/01/2012)

sábado, 7 de janeiro de 2012

Problema para toda a família (33)

O pastor José tem 298 ovelhas.
Dessas ovelhas, 97 têm mais de 2 anos e 67 têm 2 anos.
Então com menos de 2 anos quantas ovelhas tem o Sr. José ?

sexta-feira, 6 de janeiro de 2012

Prenda do Dia de Reis



Querida mãe, querido pai. Então que tal?
Nós andamos do jeito que Deus quer
Entre dias que passam menos mal
Lá vem um que nos dá mais que fazer.

Mas falemos de coisas bem melhores
A Laurinda faz vestidos por medida
O rapaz estuda nos computadores
Dizem que é um emprego com saída

Cá chegou direitinha a encomenda
Pelo "Expresso" que parou na Piedade
Pão de trigo e linguiça p'ra merenda
Sempre dá para enganar a saudade.

Espero que não demorem a mandar
Novidades na volta do correio
A ribeira corre bem ou vai secar?
Como estão as oliveiras de "candeio"?

Já não tenho mais assunto p’ra escrever
Cumprimentos ao nosso pessoal
Um abraço deste que tanto vos quer
Sou capaz de ir aí pelo Natal.

Mensagem da professora Paula

quarta-feira, 4 de janeiro de 2012

O meu Natal

Eu passei o Natal em casa da minha tia no dia 25 viemos para casa abrir as prendas.
No Natal abrimos na casa da minha tia as nossas prendas que eles nos deram, a mesa estava cheia de varias coisas como por exemplo: azeitonas, paté, maionese….
Os meus primos abriram as prendas que nos lhes demos.
Dormimos lá uma noite.
Quando chegámos abrimos as prendas que estavam em nossa casa.
A nossa maior prenda foram uns matraquilhos que têm 14 jogos ao todo a contar com os matraquilhos.

Sofia

A minha passagem de Ano

A minha passagem de ano foi gira. Fui para a casa da minha tia com os meus irmãos, e com os meus pais.
Saímos de casa mais ou menos às 6:30. Eu fiquei enjoada durante a viajem e a Maria, a minha querida irmã, também mas com dores de cabeça.
Pois foi super fixe! Quando cheguei fui logo cumprimentar os meus tios e os meus primos.
Brincámos e dançámos o Dança Kuduro. A mesa estava com várias coisas como por exemplo: camarão, ameijoas, tostas, paté, presunto, maionese…
Vimos a casa dos Segredos e às 00:00 gritávamos e berrávamos,…
O meu tio viu uma passa e disse:
- Olha uma passa!!!
E nós todos ríamos, ríamos, ríamos até que a Maria deitou coca-cola pelo nariz.
O meu irmão Rafael dançou com o meu tio e rimos tanto que todos parecíamos uns palhaços com a cara vermelha.
Nós dormimos na casa da minha tia mas nós todos não conseguíamos dormir por causa da festa.

Sofia


sábado, 10 de dezembro de 2011

O Gato das Botas

No dia 9 de dezembro de 2011, eu e a minha turma fomos ver «O Gato das Botas» no teatro Camões. Fomos para lá de autocarro, quando chegámos lá o ensaio já tinha começado, porque o autocarro atrasou-se e por isso só vimos metade do ensaio.
Mas, vimos que o marquês tinha apanhado três coelhas, uma era azul, a outra era verde e a última era cor-de-rosa. Depois, vimos um rei e uma rainha, a sentarem-se nas suas cadeiras e uma gata a dar as coelhinhas ao rei e à rainha.
A seguir, vimos o ogre a chatear a gata e a saltar por cima dela e as coelhinhas estavam escondidas no jardim do ogre. Elas estavam escondidas porque tinham medo dele, pois ele era muito feio.
Ele era feio porque tinha não sei quantas borbulhas no corpo todo e porque tinha o cabelo completamente em pé. Depois, vimos o marquês a despir-se e ficou em boxers porque ele ia nadar para o rio. Mas, acabou por desmaiar na água e então a gata começou a rezar a Deus e ele acordou. Passado alguns dias, ele e a rainha acabaram por se casar. Depois, acabou o ensaio e voltámos à escola.
Eu adorei esta visita!
Margarida B.

sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

1 de Dezembro de 1640

O dia 1 de dezembro é feriado porque se assinala a Restauração da Independência de Portugal em 1640.

Margarida B.

A 1 de dezembro de 1640, um grupo de 40 fidalgos introduz-se no Paço da Ribeira, onde reside a Duquesa de Mântua, representante de coroa espanhola…
A Restauração da Independência é a designação dada à revolta dos portugueses, iniciada em 1 de dezembro de 1640.
André

No dia 1 de dezembro celebra-se a restauração da Independência de Portugal.
Depois da morte de D. Sebastião, o rei Filipe II de Espanha, seu tio, conseguiu ser aclamado rei de Portugal.
Ao fim de 60 anos, um grupo de Nobres conseguiu afastar os reis de Espanha do trono.
Portugal voltou a ter um rei português, o Duque de Bragança D. João IV.
Joana

O dia 1.º de dezembro é feriado porque é o dia da Independência de Portugal.
Em 1640 D. João IV foi acalmado rei de Portugal, pondo fim a 60 anos da união com Espanha.

Gonçalo

domingo, 20 de novembro de 2011

O terrível ataque da cobra

Olá amigos!
Vejam o susto que preguei ao meu pai, com a cobra assassina que fiz no projeto dos robôs.


video

domingo, 13 de novembro de 2011

Visita ao Autocarro Multimédia

O passeio ao Autocarro Multimédia

No dia 11 de novembro, a sala 5 foi ao Autocarro Multimédia.

Quando chegámos, começámos a ver um filme sobre sinais de trânsito, semáforos, piões, regras de condução e sobre cuidados na estrada.

Depois fomos fazer jogos nos computadores.

Para jogar nos computadores, tínhamos de ter grupos de três pessoas, o meu grupo foi com a Margarida B. e com a Margarida P. B. .

Depois dissemos adeus à senhora que nos apresentou o filme e fomo-nos embora.

Autora do texto: Maria L.

Data: 13-11-2011


Relato da visita

Eu e os meus colegas da escola fomos a uma visita de estudo.

Gostámos muito do autocarro multimédia.

Vimos uns slides de segurança nas estradas e depois fomos jogar uns jogos de segurança e depois voltámos para a escola.

Pedro L.

13-11-2011



sábado, 12 de novembro de 2011

Filhos, Pais e Robôs (2)


Hoje realizámos a 2.ª sessão de robôs com os pais.

Estiveram presentes:

Daniel com o pai e uma amiga
Joana com o pai
Luís com a mãe, o pai e a irmã
Margarida B. com o pai

Margarida P. B com a mãe
Pedro F. com o pai
Vini com a mãe e o pai.

Continuámos a montar os robôs.


Começámos a explorar a linguagem de programação no computador (Lego Mindstorms NXT).


Construímos pequenos programas, copiámo-los para os robôs e vimos qual era o seu efeito.



Quando os robôs não faziam o que nós queríamos, tentávamos alterar alguma coisa na sua construção ou modificar a programação.


video

video

video


No fim, estivemos a ver outros projetos dos robôs da Lego e escolhemos alguns novos modelos para construir no próximo sábado.

A mãe do Vinícius vai imprimir e trazer as instruções.




Alguns recursos
para aprender a construir robôs e a programar




Ver 1.ª sessão

sexta-feira, 11 de novembro de 2011

Problema para toda a família (33)

O guisado das bruxas

Três bruxas estavam a preparar um medonho feitiço matemático no seu caldeirão, e uma delas – a Guida Gorda – estava a ler a receita em voz alta:

“Pele de víbora e roupa suja
Pé de lagarto e asa-de-coruja…”

De repente, perceberam que precisavam de juntar exactamente 4 litros de suor.

Tinham um tanque cheio de suor, mas só tinham dois baldes vazios: um balde de 5 litros e um balde de 3 litros.

Como é que elas conseguiam medir exactamente 4 litros?


quinta-feira, 10 de novembro de 2011

O feriado de 1 de novembro

Um feriado em casa

No feriado de ontem, quando acordei fui ter com a minha mãe e depois com a minha irmã.


Quando a minha mãe nos chamou porque o pequeno-almoço estava pronto, eu, em menos de um segundo, estava na mesa. Sim! Porque quando eu acordo só penso em comida.

Já a minha irmã não se fala… Sim! Ela odeia comer.
Ela demora para aí vinte minutos a chegar à mesa. Felizmente eu já tinha quase acabado de comer.

Quando acabei, fui ver televisão durante meia hora porque depois lembrei-me que tinha de ir copiar o texto do fim de semana que a professora pediu para enviar para o e-mail dela.
Depois de terminar o texto, fui brincar para a marquise com as Barbies da minha irmã que tem 11 anos de idade.

A seguir ao almoço, comecei a brincar com a minha irmã, mas ela foi trabalhar e o meu pai começou a pôr o computador ligado à televisão. Até joguei Super Tux na televisão! Foi muito giro. Depois a minha mãe chamou-me para ir tomar banho e, a seguir, jantei e fui para a cama.

Autora: Margarida B.
2/11/2011

Texto melhorado por todos no dia 10/11 (colocação da pontuação)



O meu feriado

No feriado de 1 de novembro, o meu colega Henrique foi a minha casa.

Quando lá chegou, a mãe trazia um saco com jogos e mais jogos e um fato de drácula e outro de pirata. Lá os vestimos. Eu vesti o de pirata e ele o de drácula, só que os fatos eram muito pequenininhos! Quando púnhamos os braços no ar a nossa barriga ficava de fora.

Depois fomos jogar ao jogo Super Tux nos nossos computadores (Magalhães). Eu passei-lhe 3 níveis e ele passou-me 2 níveis.

A seguir, fomos jogar um jogo chamado «Rush Hour» que era para jogar num tabuleiro e tínhamos de tentar que o carro dos gelados escapasse ao trânsito mas antes construímos uma cidade com livros.

Os meus pais prepararam uma festa de Halloween antes do almoço.

Logo a seguir, fomos pedir «Doçura ou Travessura» à minha tia mas ela não estava em casa. Depois jogamos «The Italian Job L.A. Heist» que é um jogo de carros.

FIM

João
2/11/2011


O meu feriado do dia 1 de novembro

Eu, no dia 1 de novembro, estive a jogar consola e eu joguei XBO 360, um jogo de caça fantasmas porque era Dia de Todos Santos.

Depois fui jogar futebol com o meu pai, mas passada meia hora desisti de jogar futebol e fui jogar com o meu irmão até que chegou a hora de ir embora para casa.

Fomos dormir os três juntos e acordámos para ir para a escola.

Pedro F

quarta-feira, 9 de novembro de 2011

Texto do Daniel

Era uma vez um rapaz chamado João e a namorada Shakira.

Ela era cantora de rock e João era engenheiro e eram muito felizes.

Um dia tiveram um filho chamado Daniel. Ele foi crescendo e foi para a escola com o amigo André.

Um dia, a Shakira foi fazera um concerto. O João foi buscar o Daniel e o André e foram ver o concerto.

Eles não se esqueceram deste dia.

Daniel